Ensaio Geral

“Ensaio Geral” e o amor em perspectivas


Ensaio Geral brinca com o ambiente de um ensaio de um grupo de teatro. O espetáculo traz uma seleção de livres adaptações de textos de Charles Chaplin, Hilda Hilst, Caio Fernando Abreu, Carlos Drummond de Andrade e Eduardo Galeano. Musical, intenso, reflexivo e capaz de despertar risos, espantos e até alguns choros engasgados, o espetáculo e suas transições de quadro ao discorrer sobre várias perspectivas em torno da palavra amor.
A montagem teve sua primeira temporada no Ecco (Espaço Cultural Contemporâneo) durante um mês em 2012. Colocado na estrada a partir de então, integrou a programação do Prêmio Myriam Muniz da Funarte (2012); do projeto Idas e Vindas do Instituto de Artes da UnB (2013); dos festivais Cena Contemporânea e Goiânia em Cena (2013); da ocupação dos espaços da Caixa Cultural de Recife e Brasília (2014/2015); do Programa de Patrocínios da BR Distribuidora e do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Estado de Cultura do DF. Tais conquistas renderam apresentações em Brasília/DF, Taguatinga/DF, Gama/DF, Palmas/TO, Goiânia/GO, Recife/PE, Salvador/BA, Vitória e Cachoeiro do Itapemirim/ES, Rio de Janeiro/RJ e São Paulo/SP.

Visto por mais de 10 mil pessoas, Ensaio Geral foi selecionado para o IX Prêmio SESC do Teatro Candango de 2012 e recebeu o Prêmio de Melhor Trilha Sonora (Nobu Kahi, Hugo Casarisi, Carla Aguiar e Hugo Rodas) e as indicações para os prêmios de melhor ator (Flávio Café), atriz (Camila Guerra) e iluminação (Raquel Rosildete e Hugo Rodas).

Com “Ensaio Geral”, rodamos por Brasília, Goiânia (GO), Cachoeiro do Itapemirim (ES), Salvador (BA), Ceilândia (DF) e Gama (DF).

Assistir aos espetáculos da ATA é sempre um aprendizado, um deleite e uma experiência transcendente. Um grupo de atores e atrizes talentosíssimos que nos levam por caminhos mágicos e que nos enriquecem a alma e a mente. Claro que tudo isso graças ao talento, a magia e a força do Mago Maior, o genial mestre Hugo Rodas. Chico Sant’Anna, ator